Historicamente o chá é cultivado e consumido pelas suas características de aroma/sabor e propriedades medicinais em mais de 160 países, especialmente nos asiáticos.

A erva Camellia sinensis, originária da China, é a planta que dá origem aos chás branco, verde, preto, vermelho, oolong e amarelo.

Dependendo da forma como é cultivada, tratada e processada, a planta oferece as variedades que diferenciam um tipo de chá de outro.

Chá Branco: apresenta a maior concentração de cafeína (aproximadamente 2%), acelerando assim o metabolismo e auxiliando no processo de queima de gorduras. O chá branco também é rico em substâncias antioxidantes (o que previne o envelhecimento precoce) e vitaminas C, K, B1 e B2.

Chá Verde: apresenta a concentração de 1,5% de cafeína, acelerando o metabolismo e auxiliando no processo de queima de gorduras. Além de proporcionar efeitos antioxidantes, esse chá proporciona a diminuição das taxas de colesterol e o fortalecimento do sistema imunológico.

Chá Vermelho: apresenta a concentração de 1,5% de cafeína, acelerando o metabolismo e auxiliando no processo de queima de gorduras. O chá vermelho recebe destaque principalmente pela presença de componentes essenciais como: Polifenois, Catequinas, Teofilina, Teobromina, Taninos e vitaminas C e B.

Lembrando que apesar de todas as propriedades benéficas apresentadas acima é de extrema importância consultar o seu médico antes de fazer uso desses chás. Eles são contra indicados a pessoas que possuem pressão alta e a mulheres durante o período de gestação.

Whatsapp Telefone Mensagem